Lavrando Pa
Pesquisa

Um Natal Agitado
Por Francisco Peres (Professor), em 2014/12/05324 leram | 0 comentários | 107 gostam
Concurso de escrita " Uma aventura nas férias de Natal - 2014".

  Estava frio, era véspera de Natal e o Pedro já esperava ansioso pela chegada do Pai Natal. E quanto mais esperava mais inquieto ficava.
  Até que os pais o chamaram para jantar. O Pedro comeu tão apressadamente
que nem falou durante o jantar!
  Foi então que os pais se questionaram pelo comportamento do filho.
  - Pedro, porque estás tão inquieto? - perguntou a mãe.
  - Estou nervoso, ainda não fiz os trabalhos de casa e acho que é por isso que o Pai Natal não veio a nossa casa; já passam duas horas da meia-noite e ele costuma ser pontual. – disse Pedro quase a chorar.
  Os pais tentaram acalmar o filho, vestiram-se de Pai e Mãe Natal, mas, em vão,pois Pedro não era burro, pelo contrário, era bastante inteligente.
  E foi nesse instante que o verdadeiro Pai Natal chegou com o carro de corrida que o Pedro tanto pedira como prenda.
  O Pai Natal apressou-se a lamentar-se pela demora, pois tinha sido seguido pelo Pai Natal do Mal, que ameaçara destruir o Natal; acrescentou que continuava preocupado com o Rodolfo e com as suas outras duas renas, que ficaram para o impedir de sair do pólo norte.
  Após uma grande batalha, o Pai Natal do Mal e os seus duendes traquinas acabaram estendidos como uma casca de banana no meio do deserto branco!
  Foi assim que Pedro teve o seu Natal de sonho, salvando-o e tendo sido nomeado como o braço direito do Pai Natal.
  E como Pedro sempre dizia… “Tudo está bem quando acaba bem”!

            Maria Miguel 6.º C


Comentários

Escreva o seu Comentário