Lavrando Pa
Pesquisa

O Pai Natal existe?
Por Francisco Peres (Professor), em 2014/12/02276 leram | 0 comentários | 69 gostam
Concurso de escrita "Uma aventura nas férias de Natal - 2014".


  Era uma vez uma ratinha chamada Catarina que vivia numa ilha chamada “Ratázia”.
  A época natalícia aproximava-se e a Catarina já pensava em quais os presentes que havia de pedir. Apesar de não ser rica, os pais tentavam dar-lhe do bom e do melhor. Mas ela não era pobre e mal-agradecida, pelo contrário, era uma ratinha muito bem-educada, que gostava de toda a gente, independentemente de ser rico ou pobre e, por essa boa educação, estava muito grata aos seus pais.
  Catarina andava numa escola muito complicada: os ratinhos portavam-se mal, as ratinhas andavam sempre com mexericos, por isso ela não tinha para onde se virar.
  Um dia, ouviu uns ratinhos a falar do Pai Natal e a questionar se ele existia ou não. A ratinha entrou em pânico: “Será que o Pai Natal existe?”
  Logo que chegou a casa muito chorosa e perguntou à mãe se o Pai Natal existia mesmo ou se era só uma história para adormecer as crianças. A mãe sentou-se no sofá com ela e explicou-lhe que o Pai Natal só dava presentes aos ratinhos que se portavam bem e que ela recebia prendas por ser bem-comportada.
  Quando chegou o dia de Natal, a mãe da Catarina ligou ao Pai Natal e implorou-lhe que os visitasse. Mal aterrou no seu destino, abriu a porta e surpreendeu tanto a Catarina, que ela ficou boquiaberta e logo se atirou para os braços do Pai Natal, sorridente e emocionada!
  E foi assim que a mãe esclareceu a grande dúvida da sua querida e bem-comportada Catarina.

             Ana Amélia Patacho, n.º1, 6.ºC


Comentários

Escreva o seu Comentário