Lavrando Pa
Pesquisa

O Mar
Por Francisco Peres (Professor), em 2014/05/29426 leram | 0 comentários | 97 gostam
Este poema foi escrito para o Concurso de Poesia - 2014.
Matilde Machado




   O Mar


Mar selvagem, mar perigoso
Que se irrita com a poluição
Fazendo grandes ondas
Que me tocam no coração.

O mar é um arco-íris marítimo
Cheio de cores e sabores
O amarelo da areia e o azul do mar
Ainda me fazem sonhar.

Vou ao fundo do mar
Logo começo a sonhar:
Sou uma sereia marítima
E vejo coisas de pasmar.

No dia seguinte acordo
E vou nadar com os golfinhos.
Saltamos, mergulhamos, brincamos
E no fim dou-lhes carinhos.

Quando este sonho acabar,
Venho à superfície do mar,
Mas uma coisa é certa
Nunca esquecerei este lugar.

Matilde Machado, 5.º B


Comentários

Escreva o seu Comentário