Lavrando Pa
Pesquisa

Uma aventura nas férias de Natal
Por Francisco Peres (Professor), em 2012/12/21574 leram | 0 comentários | 82 gostam
Conto vencedor, no 5.º ano, do Concurso ““Uma aventura nas férias de Natal – 2012”.

  Era uma vez uma menina chamada Beatriz. Ela era muito pobre e, quando ia à escola, ninguém queria ser amigo dela.
   Um dia, Beatriz foi passear ao parque e viu uma luz muito brilhante cair do céu. A menina correu para ver o que era. De repente, ouviu um pequeno tilintar... Era uma pequena estrela que tinha caído do céu e Beatriz ajudou-a, levando-a para sua casa e cuidando muito bem dela. Quando melhorou, a estrela disse:
   - Olá! Chamo-me Estrelinha e tu?
   - Olá! Eu sou a Beatriz.
   - Beatriz, por me teres ajudado concedo-te três desejos.
   - A sério, Estrelinha?
   - Sim, diz-me o que queres.
   - Eu quero ser uma pessoa com muito dinheiro. Pode ser?
   - Claro, já vai a sair! - disse a Estrelinha, começando a fazer um som muito engraçado. - Frill, trill... Já está! - exclamou ela a sorrir.
   Quando Beatriz chegou ao seu quarto, tinha milhões de sacos de dinheiro e foi logo chamar a mãe e o pai. Eles, muito espantados, começaram a rir e a chorar de alegria.
   - Estrelinha, o meu segundo desejo é ser linda, magnífica e também esperta.
   A Estrelinha fez outra vez o feitiço e, quando deram por ela, Beatriz parecia um modelo.
   Mas Beatriz não se esqueceu do seu terceiro desejo. Disse que queria guardá-lo para outra altura.
   Na noite de Natal, ela foi passear e viu famílias também pobres, como ela tinha sido, que tinham o Natal mais feliz de todos. Beatriz sentiu-se sozinha e infeliz. Então, chamou a Estrelinha e disse-lhe:
   - Estrelinha, não aguento ter tudo e quero dizer-te que o meu terceiro desejo é voltar a ser como antes.
   E isso aconteceu logo. Beatriz ficou muito contente e a Estrelinha tornou-se a sua melhor amiga.
   Nessa mesma noite, a noite de Natal, o Pai Natal foi a casa de Beatriz e deixou-lhe muitos presentes e até um para a Estrelinha com a seguinte mensagem:
   "Estrelinha, tenho saudades tuas. Fazes falta, e muita, aqui no Polo Norte, mas sê feliz ao lado de Beatriz. Quando vires este postal, já sabes: abre o presente que te oferece o teu amigo,Pai Natal"

   A Estrelinha abriu-o e encontrou uma estrela de peluche agarrada ao Pai Natal. Logo que carregou no centro, ouviu uma voz que dizia:
   - A Estrelinha e o Pai Natal são amigos sem igual!
   A Estrelinha ficou muito comovida. Entretanto, Beatriz abriu o seu presente e descobriu uma boneca igual a si mesma.
   E assim todos se divertiram nessa noite de Natal.
   É para verem como não precisamos de ser ricos para sermos felizes! O que importa é a felicidade e vejam: uma menina pobre, triste e só passou a ser uma menina feliz e já não sentia a pobreza, pois tinha uma boa amiga e uma família que a ajudavam!
   A Estrelinha ficou com ela durante muitos anos, mas agora já está no céu ainda a amar a Beatriz, tal como a amava na terra.
   Se alguma vez virem uma luz, corram atrás dela. Pode ser a Estrelinha ou uma irmã simpática que vos amará e será a vossa melhor amiga para sempre.

   Fabiana Gonçalves - Estrelinha - (5.º ano)

Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário