Lavrando Pa
Pesquisa

Mistério no Natal - 6.ºano
Por Isilda Monteiro (Professora), em 2019/01/31165 leram | 1 comentários | 88 gostam
No âmbito do concurso de escrita, atividade do grupo de Português, a Ana Rita Moura, 6.ºB, foi a vencedora. Parabéns!


                        O desaparecimento das prendas

Era véspera de Natal e toda a cidade dormia na quieta melancolia da noite. Todos aguardavam pela meia-noite para abrir as prendas...quando, de repente, um homem verde apareceu e roubou todas as prendas. Ele não sabia que o verdadeiro espírito natalício é o amor e é o mais importante. E pensou no seguinte: «Quando eles virem...Se eu não posso celebrar o Natal, ninguém pode.»
Deram as doze badaladas e todos viram que os presentes tinham sido roubados. Mas os habitantes não se preocuparam. Reuniram-se na praça central e festejaram, porque sabiam que o mais importante é o amor.
O homem verde morava no cimo de uma montanha fria e gelada como o seu coração. Duas crianças subiram-na e avistaram-no com todos os presentes! E perguntaram-lhe:
- Porque é que o senhor roubou os presentes?
O homem deu um salto da cadeira onde estava sentado e disse:
- Nunca vos ensinaram a bater à porta? O que querem daqui?
- Desculpe...Queremos saber porque é que roubou todos os presentes?
- Eu...Eu...roubei-os, porque estou sempre sozinho e farto de passar o Natal
sozinho - respondeu.
- Mas sabe que, sempre que quiser, pode passar connosco, lá em baixo! -disseram.
Voltaram juntos à aldeia e nunca mais o deixaram passar o Natal sozinho.

Ana Rita Moura, 6.ºB


Comentários
Por Alice Ferreira (Professora), em 2019/01/31
Parabéns, Rita! Beijinho

Escreva o seu Comentário