Lavrando Pa
Pesquisa

O poder dos cogumelos
Por Anabela Pinto (Professora), em 2018/10/1711 leram | 0 comentários | 2 gostam
Os Reais Jardins Botânicos de Kew compilaram, num só relatório, toda a informação disponível sobre cogumelos. No documento consta uma espécie capaz de decompor plástico e outra que produz biocombustível.
"Aspergillus tubingensis" é o nome da espécie de cogumelos com uma particularidade única: é capaz de comer plástico.

A solução para combater os resíduos plásticos poluentes pode, afinal, estar na própria natureza, avançam cientistas dos Reais Jardins Botânicos de Kew, no Reino Unido — e isto apesar de a investigação estar ainda numa fase inicial.

Aquela instituição elaborou um relatório (...), no qual reuniu toda a informação conhecida sobre cogumelos e onde dá conta das várias funções, mais-valias e ameaças que as várias espécies representam para o ecossistema.

Entre eles estão os Aspergillus tubingensis, com uma "dimensão similar à de pequenos tomates", que em semanas foram capazes de decompor um tipo de plástico muito utilizado para o isolamento de arcas congeladoras e couro sintético (ver figura). O "polyester polyurethane" demora anos a decompor-se. Esta característica especial destes fungos pode ser desenvolvida pelos cientistas e, assim, ajudar a contornar o crescente problema relativo ao excesso de plástico que o planeta encara. A este cogumelo com um invulgar apetite por plásticos, soma-se ainda uma lagarta, uma enzima e um fungo que vive na costa portuguesa.

Mas as curiosidades sobre estes fungos (...)não ficam por aqui. Os diferentes usos dos cogumelos oscilam entre a utilização medicinal e nutricional e a produção de novos tipos de biocombustíveis (etanol), além de poderem ajudar no fabrico do papel.

Os famosos cogumelos alucinogénicos, por outro lado, são de várias espécies e remontam até à Idade da Pedra, (...). “Como qualquer outra droga, e sendo proibido, envolve sempre algum misticismo”, apontou. “Os efeitos dependem do número de cogumelos consumidos, já que produzem sintomas semelhantes aos do LSD.”

Em Portugal e Espanha, enumerou a investigadora Ester Gaya, há ainda a tradição de colher cogumelos para depois os cozinhar. Todos os anos são notícia, pessoas que morrem após a ingestão de cogumelos venenosos. “Existem muitas espécies que podem ser confundidas com as comestíveis e é preciso levá-las a sério. Uma intoxicação pode ir de uma simples dor de barriga a uma destruição do fígado" (...). "É melhor ter cuidado!”

Mas os cogumelos também podem danificar o ecossistema, ao espalhar rapidamente as doenças que transportam. O "Uredo rangelii" é capaz de afetar mais de mil espécies nativas de plantas ao mesmo tempo. (...)

Apesar de a ciência ter dado nome a pouco mais de 140 mil, a instituição britânica dá conta da possibilidade de existirem mais de três milhões de espécies de fungos. Só na China, já foram reportadas mais de mil espécies comestíveis e quase 800 com usos medicinais.

     Adaptado de https://www.publico.pt/2018/09/27/p3/noticia/cogumelos-sao-
 capazes-de-decompor-plasticos-em-semanas-1845347, 16-10-2018


Comentários

Escreva o seu Comentário