Lavrando Pa
Pesquisa

A Bandeira Nacional
Por Isilda Monteiro (Professora), em 2018/10/0744 leram | 0 comentários | 7 gostam
Será que a maioria dos portugueses sabe o significado de todas as componentes da Bandeira Nacional?
A maioria dos portugueses sabe que no feriado nacional de 5 de outubro se comemora a implantação da República em Portugal.
De facto, no dia 5 de outubro de 1910 terminou o secular regime monárquico e pouco depois, a 30 de junho de 1911, foi hasteada uma nova bandeira nacional.

Será que a maioria dos portugueses sabe o significado de todas as componentes da Bandeira Nacional?

Cores
A bandeira de Portugal possui duas cores principais, o verde (2/5) e o vermelho (3/5) que eram as cores do partido republicano. Ao longo dos tempos, estas cores ganharam uma nova simbologia: o verde é a esperança da nação e o vermelho é o sangue de todos aqueles que morreram em sua defesa.

Esfera armilar
A esfera armilar, com anéis ou armilas, era um instrumento de astronomia imprescindível aos navegadores que buscavam o Novo Mundo. Portanto, a esfera armilar, que vemos na união das duas cores anteriormente referidas, representa as Descobertas decorridas nos séculos XV e XVI.

Sete castelos
Em cima da esfera armilar, encontra-se uma faixa vermelha com sete castelos. São os castelos edificados nas regiões fortificadas que D. Afonso Henriques conquistou aos mouros. Simbolizam, então, a independência nacional.

Cinco quinas
As cinco quinas azuis representam os cinco reis mouros que D. Afonso Henriques venceu na Batalha de Ourique, em 1139. Mais um exemplo da bravura dos portugueses na defesa do território nacional.

Agora que conhecemos toda a simbologia da nossa bandeira nacional, devemos mostrar ainda mais respeito, pois ela é o símbolo maior de Portugal.


Curiosidades...

Os 5 pontos
Cada uma das cinco quinas tem cinco pontos brancos, os quais representam as cinco chagas de Cristo. Diz a lenda que, na batalha de Ourique, Jesus Cristo crucificado apareceu a D. Afonso Henriques, e disse: "Com este sinal, vencerás!''. Contando as chagas e duplicando por dois as chagas da quina do meio, perfaz-se a soma de trinta, representando os trinta dinheiros que Judas recebeu por ter traído Cristo.

Bandeira ao avesso
Em 2012, o Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, protagonizou um episódio nunca visto nas comemorações do 5 de outubro: hasteou a bandeira de Portugal ao contrário.

Feriado proibido e reposto
Em 2012, o primeiro ministro Passos Coelho decidiu abolir quatro feriados, entre eles o “5 de outubro”.
Em 2016, o primeiro ministro António Costa decide repor os quatro feriados: 26 de maio (Corpo de Deus), 5 de outubro (Implantação da República), 1 de novembro (Todos os Santos) e Primeiro de dezembro (Restauração da República).

Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário