Lavrando Pa
Pesquisa

Um dia de tempestade
Por Francisco Peres (Professor), em 2018/03/19464 leram | 3 comentários | 26 gostam
O desafio era a descrição de uma imagem e a Ana Rita "vê" uma violenta tempestade com enormes e esbranquiçados relâmpagos.



   Em primeiro plano, observo um mar ondulado que arrasta tudo o que lhe aparece à frente. Próximo da linha do horizonte, no lado esquerdo da imagem, avisto uma montanha que é a casa dos “Pataputlin”, umas criaturas feias, monstruosas e repugnantes, mas simpáticas, humildes e com grande coração!
   De repente, desaba uma violenta tempestade com enormes e esbranquiçados relâmpagos que metem medo e são o resultado de uma disputa de dois amigos (do Mestre das Caixas) que só aparecem nos dias em que o mar está agitado.
   As nuvens, a sua cor habitual é branca como o “chantilly” que o meu tio Frederico põe nos bolos, mas, neste dia tempestuoso, estavam negras como breu.
   Esta imagem deixa-me uma sensação de agitação e de revolta.



  Ana Rita, n.º1-5.º B


Comentários
Por Andreia Rocha (Leitora do Jornal), em 2018/03/20
Muitos parabéns pelo texto! A história criada a partir de uma imagem está absolutamente incrível para uma menina do 5º ano.
Tanta imaginação, tanta criatividade tanto talento!
Por Alice Ferreira (Professora), em 2018/03/21
Parabéns Rita!Gostei muito, estás no bom caminho ;)Um beijo
Alice Ferreira
Por Sandra Pereira (Familiar de aluno), em 2018/03/22
Muitos parabéns, Ritinha

Escreva o seu Comentário