Lavrando Pa
Pesquisa

Uma experiência inesquecível
Por Teresa Carvalho (Professora), em 2017/10/25135 leram | 0 comentários | 31 gostam
O pai de um aluno trabalhou em várias missões da União Europeia, ONU e OSCE, como operacional da segurança. Veio à escola e contou-nos as suas experiências em vários países, entre os quais da ex Jugoslávia, que estiveram em guerra.
No passado 31 de maio de 2017, no âmbito da disciplina de EDCSA, e após a realização de um trabalho sobre as diversas causas da guerra e a necessidade da promoção da Paz entre os povos, um representante operacional da ONU, familiar de um aluno da turma do 5ºD, deu o seu testemunho escrito, e este foi partilhado com a turma. Esse testemunho foi tão interessante, que foi feito um convite, para um testemunho pessoal, com possibilidade de interação entre os alunos e esse “capacete azul”, que diversos anos efetuou missões das Nações Unidas.
O Chefe de Policia João Magueija, veio falar de um período da sua vida profissional em que esteve ao serviço de algumas instituições internacionais como as Nações Unidas, a OSCE* e a União Europeia, durante dez anos.
A sua primeira missão foi como operacional do GOE - Grupo de Operações Especiais da PSP – e decorreu em Angola com a função de proteger o Embaixador e sua família.
Seguiram-se duas missões ao serviço das Nações Unidas na antiga Jugoslávia, onde ajudou as pessoas vitimas da guerra especialmente as minorias étnicas, no levantamento das suas necessidade e distribuição de bens essenciais.
Depois seguiram-se várias missões, como instrutor da polícia local nos países onde foi colocado, como a Albânia e a Macedónia, com o objetivo de tornar essas polícias mais humanas, respeitadoras dos direitos humanos e próximas da maneira de trabalhar das restantes polícias europeias.
Por fim falou-nos da sua actividade atual dentro da Divisão de Investigação Criminal – Lofoscopista. É uma espécie de CSI (Crime Scene Investigation) como a série de televisão, onde ajuda a resolver crimes. Explicou-nos o seu trabalho e no fim tivemos a possibilidade de experimentar como é ser um perito em lofoscopia. Usamos pós especiais de várias cores, uns que brilham com uma luz violeta outro feito de ferro. Foi uma experiência fantástica para todos (alunos e professoras).
     
Recolhemos, depois, um depoimento do Pai:
"Foi bastante interessante participar nesta “aula” relacionada com a profissão de polícia ao serviço das missões de paz que durante 10 anos tive a oportunidade realizar. Espero ter ajudado, quem sabe, a decidir a vocação de alguns dos alunos como polícias e as vastas oportunidades que esta profissão oferece, como voluntário internacional nas Nações Unidas ou até como técnico de lofoscopia.
Fiquei orgulhoso dos pequenos participantes que com as suas questões e entusiasmo proporcionaram uma agradável experiência".

João Magueija “Pai", Operacional da ONU


João Magueija (aluno) e Maria João Alves (Professora)

*Organização de Segurança e Cooperação na Europa

Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário