Lavrando Pa
Pesquisa

À conversa com ...
Por Leonor Maia (Aluna, 7º D), em 2012/10/16568 leram | 0 comentários | 150 gostam
Esta entrevista foi feita a um leão chamado José.
Bom dia, este é o leão José, ele é especial porque sabe falar e hoje tenho a oportunidade de o entrevistar juntamente com o seu dono.

Jorn. - José, há quanto tempo é que sabe falar?

José - Sinceramente não me lembro, mas creio que foi quando o meu dono me adotou.

Jorn. - Foi ele que o ensinou a falar?

José - Foi, mas para saber melhor a história, fale com ele.

Jorn. - Quantos anos tem? E há quantos anos mora com o seu dono?
 
José - Tenho catorze anos e moro com o meu dono desde que nasci.

Jorn. - Obrigado. Agora vamos falar um bocadinho com o seu dono. Miguel, o seu animal disse que o ensinou a falar. Pode explicar como o conseguiu?

Miguel -Sim, posso explicar. Esta situação não foi propositada; eu adotei o José quando o meu sobrinho Gonçalo nasceu. Eu passava a maior parte do tempo com ele e o meu leão também. Eu costumava falar para o Gonçalo, o José ouvia e começou a aprender. Sinceramente, acho que ainda não encontrei explicação para este fenómeno.

Jorn. - Porque é que decidiu adotar um leão em vez de um cão? Normalmente os leões são difíceis de criar.

Miguel - Eu queria um companheiro que fosse diferente, a maioria das pessoas tem um cão em casa, mas eu queria outra companhia. Um dia fui com os meus primos ao jardim zoológico e fiquei muito tempo a olhar para os leões. Então decidi o que queria como companheiro.

Jorn. - Foi muito difícil criá-lo? O que comia o José?

Miguel - Não foi difícil criá-lo, pois era muito calmo e nunca fez muitos estragos. Acho que isso se deve ao facto de ele estar comigo desde que nasceu. Quando o José era pequeno, alimentava-se de leite que eu lhe dava pelo biberão, agora, senta-se comigo à mesa e come o que eu cozinhar. Parece uma pessoa de verdade.

Jorn. - José, gosta de ter esta vida, uma vida que não é normal para um leão ou preferia ser selvagem?

José - Eu adoro a minha vida. Tenho tudo o que preciso e tenho alguém que cuida de mim, mas na verdade não posso dizer de qual vida gosto mais porque nunca vivi na selva.

Jornalista - Obrigado por responderem a estas perguntas. Até à próxima.

                            

                                               Leonor Maia
                                                  6.º E


Comentários

Escreva o seu Comentário