Lavrando Pa
Pesquisa

«Aquilo que os olhos veem ou o Adamastor»
Por Martim Pinheiro (Aluno, 9º B), em 2017/05/12833 leram | 1 comentários | 159 gostam
No passado dia 9 de maio, o 8.º ano da nossa escola foi ao teatro, para ver a peça “Aquilo que os olhos veem ou o Adamastor”, no Auditório de São Mamede em Perafita.
A peça “Aquilo que os olhos veem ou o Adamastor” foi representada pela Companhia de Teatro «O Sonho». Na sua página oficial (www.osonho.com), encontras a seguinte sinopse:
«Trata-se de um texto dramático sobre a passagem das caravelas portuguesas pelo cabo Tormentório e o encontro (lendário) com o gigante Adamastor, criado por Camões, em «Os Lusíadas», procurando-se, também, retratar a vida a bordo das caravelas, durante os Descobrimentos. O protagonista, Manuel, é um jovem portuense que está na Angra de S. Brás, próximo do Cabo da Boa Esperança. A história é contada, em finais do primeiro quartel do século XVI, pelo físico e astrólogo Mestre João, personagem histórica, que regressa a Portugal, velho e doente, depois de muitos anos no Oriente, e que, à passagem do Cabo da Boa Esperança, recorda os acontecimentos de que aí fora testemunha muitos anos antes, recorrendo-se a várias retrospetivas.
A ação narrada por Mestre João, cirurgião de D. Manuel I, passa-se no mar, em 1501, no interior de uma nau da frota de Pedro Álvares Cabral, que o mesmo Mestre João acompanhara na sua viagem, primeiro, ao Brasil e, depois, pela rota de Vasco da Gama à Índia. Regressando à Índia, a nau recolhera, então na Angra de S. Brás, perto do Cabo da Boa Esperança, onde fazia aguada, um náufrago (Manuel) que contou uma história fantástica e terrível. A história contada por Manuel é dada em sucessivos flashbacks.»

Apesar de não ser um texto dramático com um enredo divertido, a risota não faltou devido ao excelente trabalho do encenador, Ruy Pessoa, e ao desempenho fantástico dos atores que fazem parte do elenco.
No final da peça foi possível tirar fotografias com dois dos atores, como se comprova com a fotografia cedida pela nossa colega Patrícia.

Não te esqueças de deixar um “like” na página do «Facebook» da Companhia de Teatro «O Sonho».
https://www.facebook.com/Companhia-de-Teatro-O-Sonho-114355098613997/

Martim Pinheiro, 8.ºB


Mais Imagens:

Comentários
Por Isilda Monteiro (Professora), em 2017/05/12
Que lindas meninas bem acompanhadas!

Escreva o seu Comentário