Lavrando Pa
Pesquisa

Texto poético - Diz a mãe
Por Francisco Peres (Professor), em 2017/05/06115 leram | 0 comentários | 25 gostam
A imitação criativa revela as capacidades dos nossos alunos. E para celebrar o Dia da Mãe...




Tens cabelos castanhos.
Mas porquê, mãe?
Caiu muito chocolate
Na estrada onde vou.

És muito bonita.
Mas porquê, mãe?
Visto-me de rosas
Na estrada onde vou.

Tens as mãos suaves.
Mas porquê, mãe?
Toquei em muitas flores
Na estrada onde vou.

És muito simpática.
Mas porquê, mãe?
Tive bons amigos
Na estrada onde vou.

És muito alegre.
Mas porquê, mãe?
Construí a parede da felicidade.
Na estrada onde vou.

Adriana Sousa, n.º 1 - 5.º C

Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário