Lavrando Pa
Pesquisa

A melhor prenda de Natal - 6.º ano
Por Isilda Monteiro (Professora), em 2017/02/03256 leram | 0 comentários | 146 gostam
Numa época em que o Natal, a festa da família, se vem transformando numa festa para o comércio, convidámos os nossos alunos a escrever uma história sobre o verdadeiro espírito natalício.
Parabéns ao Tiago, vencedor deste concurso de escrita.
A melhor prenda de Natal

Marta, uma rapariga bonita, humilde e simpática, de apenas onze anos, vivia com os seus pais e com o seu melhor amigo, o seu cão chamado Tobias. Enquanto o Tobias era pequeno, era acariciado pela família toda, mas, com o passar do tempo, ele cresceu e começou a estragar tudo o que havia lá em casa.
Certo dia, enquanto a Marta foi para a escola, os pais abandonaram o seu pobre cão numa mata, explicando-lhe, por sua vez, que o tinham deixado fugir.
Marta entristeceu profundamente, não comia, não brincava… Enquanto os seus amigos andavam a contar uns aos outros o que desejavam no Natal, ela dizia que só queria o seu querido Tobias de volta.
Os seus amigos, não compreendendo a sua teimosia, desprezaram-na, dizendo que ela era tonta em querer o Tobias de volta, visto que ele fugira e, certamente, nunca mais iria voltar.
Nesse mesmo dia, Marta, ao sair da escola, ainda destroçada pelo desaparecimento do seu amigo, não foi pelo caminho certo, no entanto, alguma coisa lhe dizia que aquele era o caminho a seguir. Foi então que, para imensa alegria dela, avistou, lá ao fundo, completamente só e abandonado, o seu querido Tobias. Correu para ele e abraçou-o profundamente.
Quando chegou a casa, já na companhia do seu fiel amigo, os pais, comovidos, contaram-lhe o sucedido:
- Marta, na verdade o Tobias não fugiu, nós abandonámo-lo. Mas de facto a família não era a mesma coisa sem ele. Lamentamos a nossa atitude, esperamos que tu e o Tobias nos desculpem!
- Esta foi a melhor prenda de Natal, descobrir o Tobias e saber toda a verdade. Eu desculpo-vos e não ficarei chateada! – exclamou, por fim, a Marta.
E assim passaram mais um Natal em família, repleto de amor e de alegria.

                                                       Tiago Pereira, 6.ºB


Comentários

Escreva o seu Comentário