Lavrando Pa
Pesquisa

A melhor prenda de Natal - 5.º ano
Por Isilda Monteiro (Professora), em 2017/02/02368 leram | 0 comentários | 214 gostam
Numa época em que o Natal, a festa da família, se vem transformando numa festa para o comércio, convidámos os nossos alunos a escrever uma história sobre o verdadeiro espírito natalício.
Parabéns à Margarida, vencedora deste concurso de escrita.
A Melhor Prenda de Natal

Faltava um dia para o Natal. Madalena estava ansiosa por estar com a sua família. Era um sábado atarefado, pois ela tinha de fazer as malas. A sua família costumava passar o Natal na aldeia da sua avó, que fica em Valverde, no concelho de Valpaços. Ela adora aquela aldeia, por isso estava tão ansiosa!
Todos os anos, em Valverde, na época natalícia, chega a nevar! Nessa terra, vivem os seus tios, avós e restante família. A casa dos seus avós é bem quentinha, porque todos os dias, à noite, eles acendem uma lareira e todos jogam às cartas. Madalena ficaria muito feliz, se os seus primos viessem da Suíça e do Canadá festejar com ela esta festa maravilhosa. Essa seria, sem dúvida, a sua melhor prenda.
No dia seguinte, Madalena chegou, finalmente, a Valverde quando, de repente, leva com neve na cara. Foi a correr, até que entrou em casa dos avós. Como sempre tinham sido os últimos a chegar… Por isso tiveram de ir para a casa da sua tia-avó. Dormiram lá nessa noite. No dia seguinte, acordaram a saltitar «É Natal...É Natal!»
De manhã ela foi à missa das dez horas. De seguida almoçou com toda a família. À tarde, brincou muito com os seus primos. Logo chegou a noite. O jantar estava uma maravilha! Madalena estava mortinha pela sobremesa. Nesta época, as sobremesas são, habitualmente, bolo-rei e rabanadas, entre outras iguarias. Depois de todos terem jantado e conversado, chega finalmente a hora dos presentes. Todos receberam os seus, mas faltava o o da Madalena: a visita dos seus primos do estrangeiro. E não é que, de repente, eles batem à porta? Estavam disfarçados de duendes e o seu tio era o Pai Natal! Madalena ficou maravilhada, quando os viu. Tinha recebido a Melhor Prenda de Natal.
Depois de tanta animação, foram à missa do Galo. Aquele tinha sido o melhor Natal de sempre.

                                                        Margarida Gama, 5.º B ano


Comentários

Escreva o seu Comentário