Lavrando Pa
Pesquisa

Um diálogo entre "amigos".
Por Nuno Tomás (Aluno, 6.ºC), em 2016/11/21539 leram | 0 comentários | 52 gostam
A partir de uma imagem escrevi esta conversa.



 Um sapo atrevido, sem sombra para descansar, viu um crocodilo adormecido à frescura dos ramos de uma árvore e trepou até ao cimo do focinho do grande animal. Este sentiu comichão e acordou.
 -Como te atreves a perturbar o meu sono!? - exclamou irritado.
 -Eu...eu...eu não estou a perturbar, estou apenas a evitar que tenhas pesadelos - balbuciou o tímido sapo.
 -Como? - perguntou desconfiado o grande crocodilo.
 O sapo explicou:
 -Pois, eu sou enviado pelos deuses para afastar os pesadelos do Reino Animal.
 -Sendo assim, podes ficar - acrescentou o réptil num tom malicioso, pois aquele malandro seria o seu próximo almoço.


NUNO TOMÁS P. 5.º C


Comentários

Escreva o seu Comentário