Lavrando Pa
Pesquisa

Herói
Por Francisco Silva (Leitor do Jornal), em 2016/05/04235 leram | 1 comentários | 60 gostam
"(..) Será aquele que salva um gatinho da árvore? Será aquele que apaga um fogo? Ou aquele que nos mantém em segurança diariamente? (...)"
Herói. Que palavra vaga...Será aquele que salva um gatinho da árvore? Será aquele que apaga um fogo? Ou aquele que nos mantém em segurança diariamente? Temos também o estereótipo herói que se veste com uma armadura ou fato, que tem superpoderes e que combate todos os dias uma nova ameaça à humanidade. Enfim, inúmeros exemplos da mesma palavra, mas será que há mesmo uma definição de herói? “Herói é uma figura (…) que reúne em si os atributos necessários para superar de forma excecional um determinado problema de dimensão épica” – afirmam diversos "sites" da famosa Internet. Ou seja, eliminamos já à partida o típico bombeiro que salva o pobre gatinho.
Ou será isso mesmo a dita situação épica?
Haverá a necessidade dessa mesma situação? Ou será a mais banal ação uma forma de heroísmo? Sim. Penso que sim.
Qualquer pessoa pode ser um herói. Pode não ser um herói para a sociedade, mas o bombeiro, por exemplo, foi o grande herói do pequeno e indefeso gatinho na árvore.
O que nos torna heróis não é a grandeza do ato que executámos, mas sim a intenção de o termos feito. Depende se o fazemos porque pensamos estar no nosso dever executar essa ação, ou se o fazemos na esperança de uma recompensa, ou apenas por algo mais em troca. Um herói segue o primeiro princípio. Fá-lo,apenas, por ser o mais correto.

Francisco Silva (2014/2015)


Comentários
Por Isilda Monteiro (Professora), em 2016/05/07
"Qualquer pessoa pode ser um herói." - é uma boa conclusão, Francisco.
Bj

Escreva o seu Comentário