Lavrando Pa
Pesquisa

Amanhã fico triste. Amanhã. Hoje não.
Por Ana Ribeiro (Aluna, 8ºA Nº1), em 2016/02/20604 leram | 0 comentários | 48 gostam
Neste artigo, vamos falar do alemão Adolf Hitler.
Ficou reconhecido mundialmente como um dos maiores ditadores.
"Amanhã fico triste,
 Amanhã.
 Hoje não.
 Hoje fico alegre.
 E todos os dias,
 Por mais amargos que sejam,
 Eu digo:
 Amanhã fico triste,
 Hoje não.
 Para hoje e todos os outros dias!!"

Pensamento encontrado na parede de um dormitório de crianças do campo de extermínio nazi de Auschwitz.

Adolf Hitler nasceu no dia 20 de abril de 1889 e faleceu em 30 de abril de 1945.
Adolf Hitler foi Führer da Alemanha desde 2 de agosto de 1934 até 30 de abril de 1945. Foi também chanceler da Alemanha Nazi desde 30 de janeiro de 1933 até 30 de abril de 1945.Além disto, foi também ministro-presidente da Prússia desde 30 de janeiro de 1933 até 30 de janeiro de 1935.
Adolf Hitler criou as prisões de Auschwitz (campo de concentração para judeus) Auschwitz I (Stammlager, campo principal e centro administrativo do complexo); Auschwitz II–Birkenau (campo de extermínio), Auschwitz III–Monowitz, e mais 45 campos satélites.
A partir de 1941, os judeus foram obrigados a usar a estrela amarela em público, para serem facilmente reconhecidos e considerados "inferiores". Hitler matava os judeus com a desculpa que iam tomar banho, só que, na realidade, ia fechá-los numa câmara de gás e matava-os. Aqueles que não eram executados nas câmaras de gás morriam de fome, doenças infecciosas, trabalhos forçados, execuções individuais ou experiências médicas.
O primeiro comandante, Rudolf Höss, testemunhou depois da guerra, no Julgamento de Nuremberg, que mais de três milhões de pessoas haviam morrido ali, 2.500.000 gaseificadas e 500.000 de fome e doenças.
Hitler utilizava num braço uma braçadeira com o simbolo dos nazis, a cruz suástica ou cruz gamada.
Falta referir que ninguém sabe ao certo o que aconteceu ao Hitler, algumas pessoas dizem que ele se suicidou,outras dizem que foi morto pelo exército soviético, mas a verdade só ele saberá!!
Depois desta pesquisa sobre o ditador Hitler, ficamos a conhecer melhor o que era o nazismo, mas não ficamos a perceber como ainda existem pessoas que o admiram.
Por último, queremos referir que estamos a ler o "Diário de Anne Frank" que é uma história verdadeira, contada pela Anne Frank que foi perseguida e morreu por ser judia. Mais uma vítima de Hitler.

Ana Ribeiro e Ana Sofia, 6.ºA

Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário