Lavrando Pa
Pesquisa

A túlipa diferente
Por Ilisete Silva (Professora), em 2016/01/20201 leram | 0 comentários | 38 gostam
Na aula de português, os alunos escreveram fábulas. O texto seguinte foi escrito pela aluna Inês Silva do 5.º D.



     Num país distante do nosso, existia um vasto campo de túlipas. Era um dia quente e solarengo, os passarinhos chilreavam, as borboletas esvoaçavam por entre as flores.
     Uma túlipa acabava de desabrochar, linda como todas as outras, mas diferente, pois as suas pétalas tinham um recorte e uma cor incomum. Ela era feliz por ser assim e gostava de ser tal como era.
     Porém, todas as outras túlipas gozavam com ela, maltratavam-na e afastavam-se dela. Diziam-lhe que era feia e que as pétalas iriam cair. A túlipa diferente ficava triste e não percebia como era possível serem tão más.
     Uns dias mais tarde, o tempo mudou, vieram umas chuvas e uns ventos nada habituais para aquela altura do ano, o que fez com que muitas das túlipas do campo perdessem as suas pétalas.
     As túlipas que outrora haviam gozado com a túlipa diferente passaram agora pela mesma situação. Foram gozadas por todas as outras, enquanto a túlipa diferente se mantinha tão bela como dantes, pois as suas pétalas diferentes protegeram-na do temporal.

     Elas acabaram por aprender que … Quem com ferro fere, como ferro será ferido.



Comentários

Escreva o seu Comentário