Lavrando Pa
Pesquisa

Um Pai Natal Solidário -5.º ano
Por Ilisete Silva (Professora), em 2015/12/17648 leram | 0 comentários | 299 gostam
CONCURSO DE ESCRITA - 2015/16 - Uma vez mais os nossos alunos abriram as portas da imaginação e revelaram grande criatividade.
Num sítio longe de tudo, vivia um homem honesto, de barbas brancas. Todos lhe chamavam Pai Natal, pois no dia vinte e quatro de dezembro distribuía prendas a toda a gente.
     Mas as pessoas pobres lamentavam-se pois os ricos tinham comida, dinheiro… tudo o que eles, os pobres, não tinham.
     Certo dia, o Pai Natal recebeu uma carta de um menino pobre que continha uma mensagem muito triste:o menino era gozado, pois não tinha roupa limpa e nos pés usava uns chinelos velhos e tinha calos nas mãos de ajudar a família.
     O Pai Natal não sossegou enquanto não ajudou o pequeno rapaz. Pensou em muita coisa, mas nada recompensava o que o pobre menino fazia para ajudar os pais e os irmãos.
     Então, decidiu ir falar com o menino, que quando o viu pôs um sorriso de orelha a orelha. O Pai Natal também sorridente perguntou:
     - Eu recebi a tua carta e fiquei muito contente mas ao mesmo tempo triste, eu não entendi o que queres para o Natal, talvez me possas ajudar?
     O menino olhou com os olhos brilhantes e respondeu:
     - A única coisa que quero é ter sempre a minha família feliz e com saúde.
     O Pai Natal ficou espantado, pois nenhuma criança quis isso.
     A vida do menino mudou depois de ter enviado a carta ao Pai Natal.



Juliana Almeida (5º D)

Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário