Lavrando Pa
Pesquisa

O tema do amor trouxe um prémio à Beatriz...
Por Alda Chaves (Professora), em 2015/06/19352 leram | 0 comentários | 92 gostam
Produzido na aula de Português, este foi o poema premiado no concurso interno de escrita - 8.º ano. É da autoria da Beatriz Barroso.
Eu temo!

Eu temo:
Aquilo que passou
E aquilo que chegará;
Aquilo que tenho
E o que perdi;
As pessoas que conheço
E aquelas que esqueci…

Eu temo:
Que o mundo não volte
A ser igual;
Que os meus sonhos
Se tornem pesadelos;
E que o amor
Se torne um flagelo…

Ah!... E se da saudade
Daqueles que partiram
E se da dor daqueles
Que permaneceram
Conseguir eu criar a ilusão
De um amor infinito
Que me preencha o coração?

É que agora…
Agora que te perdi
Para os céus poderes alcançar
Receio deixar de gostar…
NÃO! Prefiro lançar este grito extremo:
QUERO AMAR E DEIXAR DE BRADAR
EU TEMO!

Beatriz Barroso, 8.º B
15 de maio 2015


Comentários

Escreva o seu Comentário